Receba nossos artigos

Aguarde, enviando contato!

Tipos de virtualizações

Tipos de virtualizações Falamos sobre os conceitos básicos de virtualização no artigo: O que é virtualização? Se você não leu clique no hyperlink e dê uma conferida ? Antes de detalhar cada solução eu gostaria de elucidar o significado de virtualização. ... Mas o que é Virtualização? Virtualização é uma tecnologia de Software, podemos dizer que é criação de uma versão virtual de um sistema operacional, servidor, dispositivo de armazenamento ou de rede. Separei para você, leitor alguns exemplos de virtualização, vamos lá?  Virtualização assistida por hardwareReproduz de maneira similar os componentes físicos da máquina, emulando processador, memória cache, ciclos de clock (Intervalo de tempo entre impulsos eléctricos) e os demais componentes e processos.  Virtualização de armazenamentoUm pool do armazenamento que consiste em diversos subsistemas de disco de fornecedores diferentes. Este pool de armazenamento pode ser particionado em discos virtuais que são visíveis aos sistemas do host que os utilizam. A virtualização de storage ainda pode ser implementada via software, sendo que alguns permitem compartilhar recursos de múltiplos servidores para criar um único pool de armazenamento, aumentando a performance geral e a resiliência contra problemas. Um exemplo de virtualização de storage via software, é o VMware VSAN. O que é pool de armazenamento? Pool de armazenamento é um conjunto de discos no qual o servidor DPM (Data Protection Manager) armazena réplicas e pontos de recuperação. Antes de começar a proteger dados é necessário adicionar pelo menos um disco ao pool de armazenamento. Usando pools de armazenamento os administradores de armazenamento podem criar discos virtuais de tamanhos diferentes. Esses discos virtuais podem então ser atribuídos à máquinas virtuais.  Virtualização de aplicações Possibilita a execução de qualquer aplicação, protegendo o sistema operacional de ações que poderiam comprometer a sua performance. Neste processo, as aplicações não usam arquivos, bibliotecas do sistema e chaves de registro, elas apenas são executadas. Acontece o isolamento da aplicação no interior da máquina virtual, tornando-se independente do sistema operacional uma vez que pode ser executada em qualquer sistema que possua a máquina virtual instalada, tendo como exemplo a Java Virtual Machine (JVM), que pode rodar aplicativos Java em qualquer sistema operacional que possua a máquina Java instalada.  Virtualização de RedesA virtualização de rede é a reprodução completa de uma rede física no software. Os aplicativos são executados na rede virtual exatamente como se estivessem em uma rede física. A virtualização de rede apresenta serviços e dispositivos lógicos do sistema de rede (portas lógicas, switches, roteadores, firewalls, balanceadores de carga, VPNs e outros) para cargas de trabalho conectadas. As redes virtuais oferecem os mesmos recursos e garantias de uma rede física e ainda fornecem os benefícios operacionais e a independência de hardware da virtualização.ConclusãoA virtualização é uma técnica que está cada vez mais presente na área de TI graças aos Ambientes Virtuais e Cloud Computing. E isso vem sendo revelado pelo grande número de empresas que surgem com soluções de gerência de ambientes virtualizados e pelo aumento sucessivo de investimentos na área. Você está precisando definir a virtualização ideal na sua empresa? Entre em contato conosco:Resultado de imagem para entre em contato conosco  Fontes Livro: Virtualização de servidores E-book: Virtualização por Marcos Aurelio Pchek

autor

Raul Natan

Posts Recentes